A ESCOLHA - KIERA CASS



 A ESCOLHA
KIERA CASS

Edição: 1
Editora: Seguinte
Ano: 2014
Páginas: 352
Skoob: Aqui






Só avisando, que essa resenha não contém spoillers sobre A Escolha, porém possa ser (e vai) ocorrer spoillers sobre A Seleção e A Elite. 

Enredo

Estamos na etapa final da Seleção. Agora são quatro garotas e uma coroa. Ou melhor, um marido. America está mais interessada no Maxon, mas ela sabe quais são as reais intenções das outras competidoras? Como America irá lidar com todos os problemas que cercam ela: Aspen, Rebeldes, Rei, Concorrentes?! Esse é o fim de uma das trilogias que ganhou o meu coração.

Desenvolvimento da obra

A história é toda narrada por America, contendo apenas o seu ponto de vista. O que nos faz odiar e amar essa protagonista tão controversa. Por se tratar de um fechamento de obra, nos deparamos com as pontas soltas sumindo (as poucas que ficaram soltas): resolvimento de amores e desamores, rebeldes e tudo mais. Tudo com muita graça Real.

Tem partes engraçadas, partes que você se acaba em lágrimas, partes que você suspira de amor, partes que você fica com medo que algo aconteça, partes que você fica com raiva. Tudo em uma única obra. E essa foi a maneira que a Kiera teve de nos mostrar como ela é uma excelente escritora, nos fazendo despertar para muitas coisas. 

Personagens

America continua tão confusa como nos últimos dois livros, mas ao mesmo tempo parece ser mais decidida, forte. Juro que havia horas que eu amava a personagem, e outros que eu a odiava, minha vontade era tirar ela da obra e encher ela de porrada, para ela acordar para a vida. Mas quando ela agia por impulso, ela também acertava muito: com Maxon, com a população, com as garotas. 

Uma das lições que aprendi na Seleção é que avançar significa conciliar sua vida antes do palácio com o futuro que a aguarda adiante. Espero dar hoje um novo passo para a união desses dois mundos.

Maxon continua o príncipe incrível, mas uma pessoa normal. Tem seus defeitos, comete erros, e mostra que é tão comum quanto qualquer outra pessoa. Mas que ao mesmo tempo, faz tudo pelas pessoas que ama. Ele é leal onde está o seu coração e o seu propósito. Eu odiava Aspen no primeiro livro, e no segundo livro meu ódio diminuiu um pouco. Nesse terceiro livro ele ganhou meu respeito. Não sei se conhecer a história dele ajudou, mas ver as ações dele em A Escollha me fez o admirar como pessoa. 

Os personagens secundários também conquistaram meu coração. Alguns mais, outros menos. Alguns me decepcionaram, outros me conquistaram no finalzinho do livro. Não posso dizer nada para não ocorrer spoillers. 

Diagramação e conclusão

A diagramação ficou incrível. A Editora Seguinte fez um trabalho incrível. Com a capa original, deixou a obra incrível. São com certeza as capas mais lindas que tenho na minha estante. As letras estão em ótimo tamanho, e basicamente não vi erros na obra. Amei amei. 

Acho que o final da trilogia foi o melhor final que uma escritora poderia fazer para uma obra dessa magnitude. Kiera conseguiu conquistar meu coração inteiramente, não só com o final, mas com a obra inteira. Estou muito triste por ter acabado, mas tenho aquela sensação que a garra de America, o cuidado de Maxon e a lealdade de Aspen vão estar comigo para onde eu for. Mas de qualquer maneira, vai fazer falta.


You May Also Like

2 comentários

  1. Oi Tamiris, tudo bem flor??

    conheci você através dos comentários no blog da Rê, o Epígrafe, e resolvi vir te fazer uma visitinha. Uma graça seu blog, gostei demais!!! Parabéns por ele e resenhas, você escreve super bem. Gostei da resenha por tópicos... muito legal.

    Beijos, boas leituras sempre!!!! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nadja, tudo incrivelmente bem,e ainda mais você comentando por aqui.
      Adorei a visita, e obrigada pelos elogios.

      Mi casa es su casa .
      Beijinhos

      Excluir