A verdade sobre nós - Amanda Grace



Edição: 1
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 208
Skoob: Aqui
Comprar: Saraiva, Amazon e Submarino




Enredo
Essa é a história de Madelyn, uma garota de 16 anos que é o orgulho dos pais. Mesmo sendo nova, já está na faculdade graças a um projeto da escola, onde ela estuda na faculdade matérias normais, e nesse tempo também está concluindo a escola. Em uma dessas aulas ela conhece Bennet, professor de biologia, por quem ela se apaixona perdidamente. Eles engatam em um relacionamento já conturbado, pelo fato de ter 25 anos e ser professor dela, Madelyn resolve não contar a Bennet qual a sua idade. O problema é que sua mentira pode causar diversos problemas. E ela precisa contar a verdade. 
É difícil decidir o que ser quando você só se destaca naquilo que não quer ser.

Desenvolvimento da história
Bem, a história é toda contada em forma de cartas, como se Madelyn estivesse contado a sua versão da história. Logo no começo, ela fala de forma onde se culpa por algo ter acontecido, então você já começa lendo sabendo que algo de ruim aconteceu e só precisa esperar pra saber o que foi. É um livro com um tema bem comum, porque eu já li outras obras que se trata sobre esse tipo de relacionamento. Mas o que me atraiu foi a escrita da Amanda. Ela mostra uma Madelyn que quer amadurecer mais simplesmente não consegue porque sua idade não permite. 
A história é fluida, rápida e não cansa. A única coisa que eu senti falta é a visão do Ben, eu queria saber como ele se sentiu, o que ele pensou durante toda a história. Ver como a diferença de idade pode gerar uma diferença de pensamentos e atitudes. Teria sido bem interessante. 
Cada segundo que eu passava com você era uma libertação; era uma forma de eu abrir brechas nos planos, nas exigências, nas expectativas deles. Somente longe dos olhares penetrantes deles eu sentia que podia respirar fundo e entender o que eu queria ser. p112
Personagens
Como eu já afirmei, Madelyn é uma criança não apenas na idade, mas também em maturidade. Ela queria parecer mais velha, só que suas atitudes eram de menina. Mentir a idade, não ter consciência do que a mentira dela poderia levar ao Bennet, e tudo mais. Só mostra o quanto infantil ela era, mas também o quanto um amor pode causar na pessoa. Porque tudo que Madelyn fez se torna justificável se levarmos em conta que foi o primeiro amor dela, amor adolescente apenas em uma via. 
Bennet é correto e gentil. Ele foi um cavalheiro o livro inteiro, conseguiu pensar em uma maneira de não conseguir fugir as regras impostas pela sociedade. Ele apenas não imaginava que Madelyn estava a mentir pra ele. Ele é um personagem forte e adulto. Gostei muito dele.



Diagramação e Conclusão
A diagramação da Intrínseca está bastante satisfatória, não tem erros de digitação ou concordância. Fiquei feliz. A capa é bonita, simples mas se era pra retratar os personagens a modelo tem o cabelo diferente da personagem e os dois não aparentam a diferença exorbitante que mostra no livro.
A Verdade Sobre Nós é um livro simples, de uma história simples, que deve ser lido apenas para distração. Uma tarde é necessária para a leitura do mesmo. Tem ensinamentos como verdade, amor, prioridades e doação. Muito lindo e leve. 
Não dá pra ver o momento em que essas pessoas mudam, o momento em que querem ser outra pessoa, porque você sempre as verá da mesma maneira.

You May Also Like

1 comentários

  1. Oi!
    Fiquei bem curiosa quando esse livro foi lançado, mas acabei passando vários outros na frente dele e até agora não li... A única história que li nesse estilo foi em PLL, com a Aria, mas não é exatamente a mesma coisa, pois ela não chega a mentir a idade... Sua resenha me deixou curiosa de novo, sem contar que gosto bastante de livros narrados a partir de cartas.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir