Pausa Para Um Livro na Europa: Biblioteca Nacional da Espanha - Parte 2


Olá pessoal,

Hoje eu venho mostrar para vocês a segunda parte da minha visita à Biblioteca Nacional da Espanha, dessa vez eu quero mostrar alguns objetos do museu que me chamaram bastante atenção e, principalmente, quero falar um pouco sobre a parte dedicada ao clássico espanhol, Dom Quixote de La Mancha. Vamos lá?


A primeira coisa que eu queria mostrar para vocês é esse globo que é aproximadamente do século XIX e que mostra todas as constelações. Pode não parecer nada muito especial (nem relacionado diretamente a livros), mas chamou muito a minha atenção.


 Voltando aos livros, outra coisa muito legal que eu achei foi essa linda edição dos 101 Dálmatas, um dos meus livros infantis preferidos, que por si só já era linda, mas que me encantou ainda mais por estar em russo.


Esse é outro detalhe muito legal do Museu, depois de toda a exposição sobre livros e sobre a própria Biblioteca, entramos em uma pequena biblioteca infantil que tem em seu acervo os grandes clássicos infantis em diversas línguas. Ainda mais surpreendente que isso é a enorme coleção de Dom Quixote que conta com edições em todas as línguas e, inclusive, algumas primeiras edições do clássico.


Por uma simples questão de conservação dos livros, eu não pude tirar foto de toda a coleção de Dom Quixote que é mantida pela biblioteca, apenas de alguns exemplares mais novos, como esses dois que coloquei aqui no post.    

         
A história do fidalgo espanhol foi escrita por Miguel de Cervantes y Saavedra e teve sua primeira edição publicada em 1605 em Madrid. O livro é composto por 126 capítulos, dividida em duas partes, uma de 1605 e outra de 1615. A grande fama do livro advém de um novo estilo de escrita dos escritores de ficção espanhóis e se destacou por ser uma paródia dos grandes romances de cavalaria que entravam em decadência nessa época. 


Para quem ainda não conhece, o romance conta a história de um velho fidalgo que começa a ler romances e acaba enlouquecendo e se torna um cavaleiro andante em busca de viver o seu próprio romance que tanto vê nos livros. Para isso ele conta com o seu fiel escudeiro Sancho Pança, que lhe ajuda a imitar as proezas de seus personagens favoritos nos livros.


O romance que foi financiado pela própria monarquia espanhola, é considerado até os dias de hoje um grande expoente literário do país, sendo considerado no início de 2002 como a melhor obra de ficção de todos os tempos, segundo uma organização de importantes escritores de renome internacional conhecida como Clube do Livro Norueguês.

Por hoje é só pessoal. Na próxima quarta-feira ainda trago a terceira parte dessa visita que mostra outra exposição infantil sobre o livro "João e Maria" e que, na minha opinião, é uma das partes mais lindas do Museu.
Espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre o Dom Quixote ;)

You May Also Like

6 comentários

  1. Adorei o post! Realmente, o globo chama bastante atenção e é lindo. Me apaixonei pelas edições dos livros, as capas são maravilhosas! Dá vontade de ter um só pra ficar admirando. De qualquer modo, adorei o modo como você escreveu sobre Dom Quixote e tudo mais.

    Abraços,
    http://lendouniversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi florzinha! Adorei acompanhar um pouquinho sua visita ao museu/biblioteca :') Pena que não deu pra fotografar com edições de Dom Quixote :( A edição de 101 dálmatas está linda, adoro esse clássico ♥ E vem cá, que globo lindo é esse? AMEI!!

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  3. Que fotos lindas. Essa viagem é inesquecível, né? Adoro Dom Quixote, por mais que já faça tempo desde que li a última vez. E achei muito lindo esse globo (adoro constelações). Poste mais fotos para a gente!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Fotos lindas!
    Adorei o globo, muito interessante. Nunca li Dom Quixote, até tinha curiosidade mas depois que a minha professor de espanhol do ensino médio quis obrigar a gente a ler em espanhol eu meio que peguei uma birrinha do livro (eu odiava a professora).

    ResponderExcluir
  5. Maria Clara!
    O globo é belíssimo! E cheio de brilho. Fascinante totalmente.
    Poder ver in loco Dom Quixote, nossa! nem tenho palavras, é um exemplar único e magnífico.
    Fico feliz que tenha curtido o máximo em sua viagem.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que linda essa edição de 101 dálmatas *.* Fiquei apaixonada!
    Adorei as fotos, não li nada do Dom Quixote, mas essas edições lindas são bastante tentadoras. :D

    Bjs.
    Passeando com os livros

    ResponderExcluir