Amy & Matthew - Cammie McGovern

  Informações técnicas


Edição: 1
Editora: Galera
Ano: 2015
Páginas: 333
Comprar: Buscapé


 
A verdade é que eu mal sei como começar a resenha. Eu ainda não digeri esse livro e nem sei se vou conseguir, mas vamos lá!
Amy  & Matthew é o primeiro romance para jovens adultos da autora Cammie McGovern e conta, obviamente, a história de Amy e Matthew, que estão em seu último ano do ensino médio e estão passando por todos aqueles conflitos de abandonar a família para ir para uma universidade, inscrições, bailes de formatura, empregos e tudo mais, o comum de todo jovem nessa idade. Tudo bem até ai, só que não. Amy e Matthew não são como os outros jovens. Ele sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) e ela tem paralisia cerebral.



Apesar de sua doença, Amy se mostra um exemplo de superação. Mesmo desenganada pelos médicos, sua mãe sempre lutou para que ela conseguisse ser uma criança normal e, por isso, ela vai para a escola com a ajuda de dois assistentes, anda e fala através de um computador, mesmo assim, ela ainda é uma das melhores alunas da sua sala e vive com uma visão muito positiva do mundo ao seu redor. O único problema disso tudo é que Amy não tem nenhum amigo.

Depois de ser confrontada por um de seus colegas, Matthew, Amy decide que uma das melhores formas de fazer amigos em seu último ano de escola é substituir os seus assistentes por colegas de sua sala. 
Obviamente, Matthew vai ser um desses assistentes e, aparentemente, o único com quem Amy se sente realmente a vontade. Com o tempo juntos, ambos vão descobrindo suas fraquezas e tentando melhorar em diversas áreas, tornando-se melhores amigos e talvez algo mais, como espera Amy.

Uma típica história de romance, no entanto, o início do livro é bem chatinho mesmo, umas duas vezes eu tive vontade de parar, mas continuei porquê o livro era pequeno. Apesar de alguns pontos altos, a história é bem paradinha e pouco envolvente. Consegui me apegar ao livro logo nas últimas páginas, creio que depois da 150, quando as coisas começam a ficar um pouco mais legais.

Apesar da diagramação ter ficado bem legal, a fonte tem um bom tamanho e o livro é muito bem dividido, creio que faltou, por parte da editora, uma melhor revisão, pois o livro tem muitos errinhos gramaticais e, em algumas partes tem até algumas palavras que saíram repetidas. Fora isso, a capa ficou simplesmente PERFEITA, sou muito apaixonada pela capa do livro.


Resumindo, o livro tem uma história bem fofa e bastante reflexiva, mas que poderia ter sido melhor desenvolvida. Os personagens secundários são bastante superficiais e em quase nada influenciam na trama. Sem falar que o final do livro ficou muito vago, é quase impossível deduzir o que acontece com os personagens.

Apesar disso, eu indico esse livro para todos que estiverem em busca de uma leitura mais calma e tranquila, sem muitas pretensões.

You May Also Like

13 comentários

  1. Olá
    Sempre tive curiosidade em ler esse livro, achei a historia linda, mas estou demorando um pouco.
    O fato de ser um livro que quase a pessoa desiste de ler e que o final não é claro, me fez colocar outros livro na frente.
    Gostei da historia, dos personagens e a forma como a vida deles,principalmente de Amy muda de pois que se conhecem.
    É uma boa opção de leitura.
    Ótima resesnha, já deu para conhecer muito bem o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que fotos lindas,onde tirou?
    Enfim...Ah, nem sei o que dizer, estórias de superação mechem cm meu emocional...Quero ler.Apesar de não ser um drama parece bem sentimental.

    ResponderExcluir
  3. Oi! Não sei, o livro pareces ser meio "morno", não parece tão bom. TOC é um tempo interessante para ser elaborado e, pelo que já li do livro, a autora não desenvolveu bem o caso. A menina, por exemplo, segue um casal e tem receios de coisas cortantes se não me engano, mas muitos leitores disseram que a autora não aprofundou bem o caso, não sei se é verdade. Bom até mesmo lendo essa resenha percebo que a autora deixou a desejar, sinto que não se encantou muito pelo livro.

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha me interessado nesse livro por ele tratar de dois jovens com TOC e paralisia cerebral. Mas fiquei um pouco decepcionada por ele não trabalhar muito com os personagens secundários e ter ficado com um final vago, coisa que odeio. Mas quem sabe um dia eu dê uma chance.
    A resenha está muito boa! Bjs, Clara <3

    ResponderExcluir
  5. Todas as vezes que vejo a capa desse livro, eu me lembro do livro Eleanor & Park hahahah O que mais gostei no livro foi saber que ele tem um enredo ótimo, que acaba fazendo com que o leitor reflita sobre o que contém nele! Além disso, os personagens aparentam serem adoráveis <3

    ResponderExcluir
  6. Vi muitas pessoas falando negativamente desse livro então tenho um pé atrás com ele.Se houvesse um pouco mais de desenvolvimento quem sabe a leitura não fluísse muito bem.E eu não gosto quando os personagens secundários não são bem aproveitados ou simplesmente ficam ali de enfeite.E não tenho muita paciência com leituras que demoram a vingar mas se eu tiver oportunidade vou tentar ler o livro.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, quando lançou esse livro e vi a capa, logo lembrei de Eleanor e Park, já tinha visto algumas resenhas dele e comentários sobre a autora não ter desenvolvido a história totalmente, e que ficou faltando um pouco um enredo melhor!
    Mesmo assim eu quero muito ler, pois gosto bastante do tema de transtornos como o TOC, acho bacana ler a respeito, sendo que hoje em dia é algo comum.
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  8. Já vi muita gente falando bem desse livro, mas até hoje ele ainda não me deixou curiosa para fazer a leitura. Sei lá, parece que falta algo, sabe? E é uma pena que ele não tenha sido tão bem revisado, porque isso é chato para o leitor. Enfim, acho que esse livro vou continuar passando por enquanto, aí pode ser que depois eu resolva fazer a leitura. Mas gostei da resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. A história não chamou minha atenção, mas o que me chamou a atenção foram as fotos, ficaram perfeitas.

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei muitooooo dele até a metade!
    Depois, sinceramente me decepcionou!!!
    A capa é linda e é uma história incrível, de amor, superação, força e tal.
    Só que as atitudes da Amy e o jeito paradão do Matthew me irritou bastante sabe...
    Não digeri nadinha aquele final, ficou faltando na minha opinião, decepcionei :(

    ResponderExcluir
  11. Também acho a capa desse livro lindaaaaa, apesar de me lembrar Eleanor & Park.
    Eu achei bem interessante os dois personagens terem esses sérios, como eu posso dizer?, problemas. Achei que foi um romance bem diferente mas saber que é parado (o que eu já imaginava) desanima um pouco :/

    ResponderExcluir
  12. Clara!
    Sempre tive vontade de ler esse livro porque acho interessante ver uma nova forma de relacionamento, principalmente entre adolescentes diferentes.
    Gostei sua análise perfeita.
    “Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Essa capa é muito fofa mesmo. Estou colocando muitas expectativas nesse livro, amo a premissa dele e de outros livros nesse estilo, gosto de sofrer ao ler um livro kkkk Que pena que ele não te envolveu tanto, li outras resenhas que gostaram mais. De qualquer forma, quero muito lê-lo e ver o que acho!
    Beijos

    ResponderExcluir