Branca de Neve Tem que Morrer - Nele Neuhaus

Informações técnicas


Edição: 1
Editora: Jangada
Ano: 2012
Páginas: 472
Comprar: Buscapé


     




Olá pessoal, 

Para quem acompanha o blog regularmente já deve ter lido a minha outra resenha sobre a série de romances policiais da alemã Nele Neuhaus, o livro Lobo Mau disponibilizado pela Editora parceira Jangada e que é o sexto livro da série. Hoje eu venho trazer para vocês a resenha do quarto livro da série, Branca de Neve tem que Morrer, também disponibilizado pela nossa parceira. 
Muitos de vocês devem achar estranha a ordem que eu venho lendo esses livro, mas, na verdade, não há problema nenhum, já que os livros da série são independentes uns dos outros.



Então, o livro começa com a saída de Tobias Sartorious da cadeia, ele ficou preso por 10 anos acusado do assassinato de duas jovens, uma delas era sua ex-namorada. Apesar de todas as provas e indícios de que o rapaz seria o assassino, Tobias afirma não se lembrar de absolutamente nada do que aconteceu no dia do crime, além disso, o corpo das meninas nunca foi encontrado. O rapaz sai da cadeia e volta para a casa do seu pai se deparando com um cenário completamente diferente do de 10 anos atrás. Seu pai está atolado em dívidas, divorciado e vivendo à margem da sociedade por ser o "pai de um assassino". 
Em paralelo à história de Tobias, acompanhamos uma investigação criminal dos já conhecidos agentes policiais Pia Kirchhoff e Oliver Von Bodenstein. Um esqueleto feminino aparece misteriosamente em um antigo campo de aviões militares. 

Durante as investigações, em uma noite chuvosa, uma mulher é empurrada de uma passarela em cima de centenas de carro em movimento. Ao assumirem a condução do caso, os agente vão investigar o caso e descobrem que a mulher é a mãe de Tobias. Além dessas narrativas "principais", encontramos alguns outros personagens se envolvendo na história e deixando-a cada vez mais envolvente. A partir daí todas as histórias começam a se conectar e se transformam em um emaranhado de informações que nos levam a um final surpreendente. 

Assim como no outro livro da autora que eu li, o início do romance é bastante confuso, uma vez que nos deparamos com três casos aparentemente isolados e com diversos personagens com nomes complicados. Até o momento em que você começa ligar todos, mais ou menos na metade do livro, a leitura parece ser extremamente confusa e, mais uma vez, eu adotei a técnica de ir anotando os nomes dos personagens e suas ligações, o que facilitou bastante. Este livro também tem a mesma divisão de capítulos utilizada no outro, cada capítulo significa um dia e as subdivisões indicam cada uma das tramas envolvidas na história, o que deixa o livro muito interessante.

O livro segue a diagramação dos outros da série. Uma capa bastante misteriosa, folhas amareladas com detalhes em vermelho que lembram sangue, a fonte da letra perfeitamente adequada para a fluidez da leitura e o papel utilizado de qualidade acima do normal. Apesar da capa parecer um pouco sem graça, mas, mais uma vez, a editora me surpreendeu com a excelente qualidade externa do livro.
A escrita da Nele é incrível e muito inteligente, é impressionante como cada pedacinho da história vai se conectando e se arrumando, sem deixar nenhum fio solto. Com certeza ela é a responsável por uma das melhores séries policiais que eu já li na minha vida. 

You May Also Like

6 comentários

  1. eu não conhecia a autora e eu andava mesmo caçando livros de romances policias p ler =)
    entrou na minha lista ;) vc que já leu vários começaria por qual livro? (já que não é obrigado a ler na ordem?)

    ResponderExcluir
  2. Eu sinceramente não achei a capa sem graça. Curto demais essas capas com uma arte mais sombria <3
    Já havia ouvido sobre essa serie, mas não sabia que os livros podiam ser lidos de forma alternada. Gostei de saber disso kk ;)
    Voltando a resenha, amo demais um suspense policial, e esse tem tudo para me agradar, apesar de ter ressaltado que no início do romance ser bastante confuso, e até mesmo ter anotado os nomes dos personagens e suas ligações para não esquecer =/
    Enfim, amei a resenha e quero começar logo essa leitura ;)
    Bjs Clara!

    ResponderExcluir
  3. Como assim você achou a capa sem graça O.o ?? Haha, eu protesto, adorei essa capa <3!
    Eu não sei muito sobre a ordem de lançamento, mas com certeza vou procucrar saber, pois fui totalmente conquistada pela premissa do livro (apesar de independentes, eu meio que tenho algum problema em ler fora de ordem ¬¬').
    Sério, achei tudo incrível; capa, título, enredo, se continuar nesse andar, acho que vou gostar até dos nomes complicados dos personagens.
    Livros de suspense policial, se bem escrito, ganha totalmente o meu coração, acho que esse livro parece excelente *-*.

    ResponderExcluir
  4. Adoro livros de suspense e investigação, principalmente se não importar a ordem de leitura. Esse livro me conquistou desde que o vi no site da editora, mas na primeira vez achei que fosse uma releitura de contos de fada, rsrs.
    Abraços :)

    ResponderExcluir
  5. Eu achei meio confuso, mas fiquei curiosa para entender mais e saber quem cometeu esse monte de assassinato, que loucura!!
    Eu achei a capa bonita, mas nada demais kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  6. OI Maria!
    O livro é lindão ein?! AMei esses destalhes de sangue.
    Eu estava imaginando que seria a mulher que está desaparecida - aparentemente morta - que seria a que foi jogada e não a mãe do Tobias.
    Fiquei bastante curiosa com esse suspende policial, só que eu quero começar desde o primeiro, fazer igual você não. Mesmo que sejam histórias independentes, gosto de ler na ordem, porque amo séries independentes.
    Beijos!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir