Review - The Walking Dead [Temporadas de 1 a 5]

Olá pessoal !!

Tudo bem? então, não sei se vocês lembram mas eu tinha um objetivo de começar umas séries e tal, meio que uma maratona que não deu certo. Eu tinha listado quatro séries para começar e vim falar agora sobre uma que eu comecei e consegui me atualizar: The Walking Dead. Não vou contar spoiler porque é uma tristeza, vou trabalhar apenas em cima das sinopses.



A primeira Temporada vem com toda a introdução da série e as explicações iniciais para o expectador que começou a assistir. A série inicia com o xerife Rick Grimes sendo ferido após travar um tiroteio com criminosos armados. Ele entra em coma e desperta semanas depois, em um hospital abandonado e danificado. Ao sair do hospital, Rick descobre-se em um mundo pós-apocalíptico dominado por mortos-vivos. 
Como é uma temporada rápida, apenas com seis episódios não há como dizer se a série encanta ou desagrada. Ela nos deixa com uma curiosidade a mais a cada episódio que nos leva a terminar de forma rápida. Lembro-me de ter achado a série um pouco parada com relação aos diálogos, mas tentava me lembrar que qualquer barulho poderia atrair os mortos-vivos. Somos apresentados aos personagens iniciais e só posso dizer que tem alguns que não me apetecem de maneira alguma. Enquanto eu estou escrevendo essa mini opinião e fui procurar uma foto para colocar aqui, descobri que tem uns personagens que eu nem lembrava mais. Porra.

A Segunda Temporada nos trás o grupo de sobreviventes que parte em busca de algum lugar onde possam permanecer seguros e sobreviver à horda de zumbis espalhadas pelo mundo. Quando encontram uma fazenda que permanece isolada e livre da ameaça zumbi, o grupo tenta conquistar o seu lugar ali, dividindo o espaço com os donos da fazenda. Em meio ao caos, alguns dos sobreviventes vão revelando faces até então ocultas, e o grupo percebe que os zumbis não são o único perigo que existe.

Só preciso dizer uma coisa sobre essa temporada. Foda. Me arrancou muitos momentos agarrada ao travesseiro para me esconder dos rostos horríveis dos mortos-vivos, muitas risadas de umas idiotices que aconteciam, mas principalmente muitas lágrimas e raiva de alguns personagens. Novos sobreviventes foram adicionados a grade de elenco e eu já me apeguei a quase todos. Essa temporada me trouxe exatamente o que vai ser da série, e me deixou muito muito intrigada, por mais que ainda me incomode a falta de diálogo em muitos momentos. Preciso fazer uma observação sobre Daryl, que até agora é o MELHOR personagem da série. Ele ganha meu coração com o jeito machão dele, porém com o coração mole.

A Terceira Temporada é uma das mais emocionantes e paradas ao mesmo tempo. Depois que os mortos-vivos invadiram a fazenda, os sobreviventes peregrinam por alguns meses procurando por outros abrigos, até que encontram proteção atrás das grades de uma prisão abandonada. Porém a paz conquistada não dura muito tempo, pois o novo abrigo dos sobreviventes desperta a inveja do primeiro grande vilão da serie: o Governador, sádico líder de uma comunidade não muito longe dali chamada Woodbury. Agora o grupo de Rick deverá lutar para defender seu novo lar e suas vidas.

Depois dos acontecimentos da Segunda temporada, Ricky está chato e mandão. Nunca tive muita simpatia por ele, porém agora nem gosto de ver quando ele está em cena. Achei foda os cortes e os acontecimentos que foram feitos nessa temporada. Nunca chorei tanto na minha vida, posso dizer. O filho do Ricky está crescendo, e posso dizer que esse moleque vai causar problemas (pelo menos eu acho que sim kkk). Outros personagens estão ganhando meu coração aos poucos, como a Maggie, Hershel, Carol, Glenn e Bethy. FINALMENTE CONHECEMOS A MICHONNE, E ELA É MUITO FODA. Mas meu coração ainda é do Daryl, preciso dizer. O pessoal de Woodbury são bem burros e fiquei com raiva deles em muitos momentos, principalmente por causa da lesa da Andrea.

A Quarta Temporada os sobreviventes estão superando as recentes perdas, os sobreviventes continuam com suas vidas na prisão, agora reforçada com a presença dos antigos moradores de Woodbury. Juntos terão que enfrentar uma ameaça maior que os zumbis, incluindo a propagação de uma epidemia mortal que se espalha pela prisão e o retorno do cruel Governador que causa um desastre, obrigando o grupo a se separar, onde se encontram em uma estranha comunidade chamada Terminus.

Essa foi a temporada que teve mais coisa entre todas: É epidemia, o Governador de novo, várias perdas, alguns ganhos e uma nova causa. Estou tão apegada a série que está difícil não pensar em terminar logo para começar a acompanhar dia 14 de fevereiro. Nessa temporada os personagens que mais ganharam destaque foi Hershel, Bethy, Michone e Carl. Preciso dizer que estou sentindo falta de um momento para Daryl como personagem principal de um momento, pois ele sempre está na sombra de algum outro personagem. Queria que tirassem ele da linha de fogo. Fomos apresentados a Tara, Rosita, Abrahan e Eugene e nos despedimos de VÁRIOS personagens, alguns que ganharam meu coração de um jeito que foi impossível não chorar, e não encher os olhos de lágrima agora enquanto escrevo. Essa temporada foi a melhor por motivos de mostrar a verdade nua e crua de alguns seres humanos quando colocados em situações de risco, sobre o que resta quando a humanidade vai e outros diversos assuntos que só parando para pensar é que vamos encontrar. Fiquei triste só de lembrar.



A Quinta Temporada é a mais terrível. Após escaparem da terrível comunidade de canibais, os sobreviventes encontram uma igreja habitada por um padre que logo se torna suspeito. Agora o grupo terá que encarar duas missões: levar Eugene Porter até Washington e resgatar Beth em Atlanta, que está presa nas mãos de um grupo misterioso. Quando ambas missões falham, o grupo volta à estrada sem rumo, quando um homem, aparentemente amigo os encontra e lhes oferece segurança em uma comunidade próxima à Washington chamada Alexandria.


Sobre essa temporada eu só posso dizer que ficou um pouco parada mas que não perdeu a sua essência. Notei que virou moda você se apegar a um personagem, e ele na sequência vir a falecer de uma maneira horrenda. Então não vou mais me apegar ao Daryl (MENTIRA SEU LINDO, ME DESCULPA, POR FAVOR NÃO MORRE). Alguns personagens apareceram, e vai por mim, essa Alexandria ainda vai dar algumas dores de cabeça, só acho! Estou no chão como a temporada acaba, me deixando louca pela continuação. ~chorando em posição fetal~



O Review da Sexta temporada eu só vou fazer quando esta mesma acabar, que por sinal VOLTOU COM TUDO TÁ FODA DEMAIS, CHORA BEBEL NA MALDADE DO POVO. Ai parei. Como me atualizei em TWD, estou assistindo Scandal e em breve vai ter um Review mais organizadozinho, ok ?

E aí ? Gostaram?

You May Also Like

0 comentários