Desejo e honra - Tatiane Durães

Informações Técnicas


Editora: Editora Deuses
Edição: 1
Ano: 2015
Páginas: 152
Compre direto com a autora





Desejo e honra é o primeiro Romance de Época escrito pela autora Tatiane Durães, e se passa em São Paulo, no Brasil, em uma época que a escravatura estavam sendo abolida, pelo menos em forma de documento, enquanto na vida real ela continuava a existir. Nele conhecemos Amanda, filha de um ladrão inteligente e aspirante a ladra também. Ela segue os passos do pai, e quase é apanhada pelos guardas uma vez. Como tem uma "dívida" com uma moça ao qual ela salvou a vida, Amanda corre lá no intuito de pedir abrigo, porém seu esconderijo é descoberto cedo. A tia dessa moça a leva para a casa de um conde, onde ela trabalhará como ajudante de cozinheira. O problema é que o Conde se sente atraído pela moça.

O conde é viúvo, e pensou que nunca mais se sentiria atraído por nenhuma outra mulher após a sua falecida esposa. Com a chegada de Amanda, uma jovem branca de cabelos negros, ele descobre que sua atração pode se transformar em muito mais. Só que ele não percebe quanto fatal pode ser essa mulher.


Existiam poucas mulheres na cadeia de Monte Fino, mas ela não queria ser uma delas, o que mais prezava na vida era sua liberdade.

Encontrei nesse livro uma narrativa fluida com uma história criativa e interessante. Desta vez não encontramos moças que busca o casamento e um ótimo título, ou menos as que não se curvam sobre a sociedade e querem encontrar o amor. Amanda era uma ladra de jóias. Só isso. Ela gostava da liberdade e dos perigos que corria, e não quer se sentir atraída por ninguém. Encontramos um Conde que era apaixonado pela falecida esposa, e que acredita que não encontrará o amor novamente. Totalmente diferente do que encontramos em livros de Romance de Época por aí. Isso tem seu ponto positivo e negativo.

Ela desceu os olhos pelo corpo do Conde. Tinha o hábito de reparar nas vestimentas das pessoas para saber a classe social e se era uma possível vítima.

Ovaciono Tatiane Durães pela audácia de nos trazer um livro com um novo ponto de vista, nos mostrando a parte marginalizada da sociedade, onde a dificuldade faz com que determinadas atitudes virem estilos de vidas. Achei interessante também por se tratar no Brasil, o que sempre me encanta. Achei legal a ideia do projeto, a forma como ela conduziu a história e originalidade da paixão criada.

A única salva negativa que faço foi a rapidez que tudo foi feito. A história se passa muito rápido, e eu queria mais e mais, afinal a história foi muito bem pensada. Eu realmente torço para que a autora queira fazer uma versão mais trabalhada e rica de detalhes, que agrade bastante o leitor.

Ele sabia o risco que corria ao se envolver com ela. Poderia ficar sem suas joias no cofre e também com o coração dilacerado, mas ela valia a pena, ela valia todo o risco. E ele estava apostando alto.

A edição é linda, maravilhosa mesmo. Essa ilustração ficou fofa, e as fontes, tamanhos e margens do interior me deixaram muito feliz. Espero que Tatiane continue nesse ramo, mas que ela consiga se aprofundar mais na próxima história.

You May Also Like

9 comentários

  1. Oi Tamiris,

    Fico muito feliz que tenha gostado da história, mesmo com as ressalvas. Desejo e Honra foi escrito para um concurso do estado do Paraná, e tinha um número limitado de caracteres. Por isso o fato de ser corrido. É claro que isso não tira o fato de que eu poderia ter melhorado antes de publicar, mas a ansiedade é meu principal defeito. hahahaahah... Como o mesmo ponto tem sido apresentado por todos que o leem, estou pensando seriamente em reescreve-lo, mas não para esse ano. Preciso terminar a trilogia Arcantatys primeiro. ;) Muito obrigada por ter participado do book tour e pelo carinho. bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu gostei mto da sinopse, parece bastante aventureira pelo fato de Amanda gostar do perigo que herdou do pai...
    Sem contar que livros de época me atraem não só pela capa, mas por parecer que são histórias baseadas em fatos reais...
    Eu adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Parece ser uma história boa, mas fiquei com pé atrás pra ler. Tinha visto umas resenhas meio desanimadoras...
    Só que amo esse tipo de livro e gostaria de dar uma chance pra ele, se tiver oportunidade de ler. Ainda mais por se passar em SP. E na época. É bem interessante e um tanto diferente dos que leio ultimamente, pego tão pouco que fale dessa época aqui no Brasil... Só aqueles romances mais antigos mesmo e não leio muitos assim já faz um tempo.
    O chatinho é ser tão rápido. Vi muitos falando isso e foi o que deu uma desanimada pra ler. Fiquei com medo de me decepcionar...

    ResponderExcluir
  4. Gostei do enredo da história, ainda mais por apresentar uma protagonista tão diferente do gênero, mas para uma "vilã" do que para "mocinha". Uma pena que o livro tenha sido muito corrido, mas pelo que li no comentário da autora aí em cima tudo será resolvido em uma próxima edição e isto é maravilhoso, já que a história tem um enorme potencial. Gostei muito de conhecer a obra.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Que diferente esse livro! A mulher não é frágil e indefesa e o conde não é mau! hahaha
    Bem diferente dos romances de epóca que constumam ser publicados... Palmas para a autora!

    ResponderExcluir
  6. Oi Tamiris.
    Eu já tive o prazer de ler esse livro e confesso que é ótimo, algumas pequenas coisas não me conquistaram, mas no geral é muito bom.
    Esse livro quebra muitos estereótipos dos romances de época que vemos por aí e isso é muito bom, o que realmente me ganhou foi isso, espero em breve desfrutar de mais uma leitura dessa maravilhosa autora.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamiris!
    Achei como você mesma disse que o enredo é bem diferente dos romances de época que costumamos ver por ai, tbm concordo sobre como a autora fez todo o projeto do livro de uma forma original.
    Acho que pelo número de paginas e pelo conteúdo que ela aborda tbm acharia o livro rápido demais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Achei a capa tão fofa!!
    Realmente, é bom romances de época com uma temática diferente, principalmente quando a atitude da Mulher é diferente das da época.
    O interessante dela não ser o casamento nem o título também é um ótimo diferencial.Livros em que as coisas acontecem rapidamente me fazem perder rapidamente a vontade de ler.
    Vamos ver o que esse livro promete.

    ResponderExcluir
  9. Que bacana! Pela sua resenha fiquei bem mais curiosa para ler o livro!!
    Li umas resenhas negativas, mas mesmo assim, fiquei com vontade de lê-lo, pois achei bem diferente e original, ainda mais sendo de época.
    Gostei muito da resenha, deu pra ver que a Amanda é uma personagem forte, e é "picada" pelo amor aos poucos, sem querer, sem buscar títulos ou fortunas.
    bjss

    ResponderExcluir