Entrevista: Tessa Dare

Olá pessoal !!

Para terminar essa semana especial da Tessa Dare, trouxemos a própria respondendo algumas perguntas feitas por mim, afim de que vocês possam conhecer um pouco a autora.



Primeiro, vamos a uma pequena biografia da autora:





É autora best-seller do The New York Times e do USA Today, com romances históricos e eróticos. Seus livros já ganharam inúmeros prêmios, como o RITA e o TR Book Reviewers’ Choice, e foram vendidos para diversos países. Esta série, Spindle Cove, é a de maior sucesso, com mais de meio milhão de exemplares vendidos, com heroínas fortes e sensuais e heróis que fazem sonhar.

Entrevista

Blog: Em primeiro lugar gostaria de agradecer por ceder essa entrevista para o blog. Em primeiro lugar, queremos saber pra você, que é Tessa Dare?

Tessa: Obrigado por me convidar! Eu sou uma autora de romance histórico que vive nos Estados Unidos. Até agora escrevi treze obras, mas tenho muitas outras em caminho. Eu moro na Califórnia com minha família e dois gatos.

Blog: Todos nós sabemos que seu gênero é o Romance de Época. Mas o que queremos saber de onde veio a ideia de escrever sobre esse gênero?

Tessa: Eu sempre amei o gênero romance histórico, desde que li Jane Austen e Julie Garwood quando era adolescente! A partir daí eu comecei a escrever fan fiction baseada em Orgulho e Preconceito, em seguida, encontrei minha maneira de escrever romances originais.

Blog: Seus livros já foram lançados em mais de dez países pelo que eu vi no seu site. O que você está pensando sobre a repercussão de seu trabalho em todo o mundo?

Tessa: É tão emocionante saber que eu tenho leitores em diferentes países ao redor do mundo! Espero que meus livros estejam trazendo muitos sorrisos e sentimentos calorosos. Essa sempre foi a intenção.

Blog: Qual foi o seu intuito ao escrever sobre mulheres que são tão perfeitas, inteligentes, dedicadas, mas que são desiludidas com o matrimônio? Foi uma forma de pensar diferente nos romances de época, vendo que a maior parte das mulheres da época se criava para o casamento?

Tessa: Eu gosto de escrever sobre as mulheres que estão um pouco diferente do tipo habitual. No período da Regência (início de 1800 na Inglaterra), a maioria dos jovens não foram incentivadas a ter muita educação. Seu futuro sempre foi o casamento e a maternidade. No entanto, eu gosto de escrever sobre as mulheres jovens que são rebeldes, que querem explorar profissões como medicina e ciência, além de se apaixonar.

Blog: Como foi o processo de escrita da série “Spindle Cove”? Demorou quanto tempo?

Tessa: Eu acho que eu escrevi durante cerca de três anos. Em primeiro lugar, fui para a Inglaterra e passei um tempo na área onde eu planejei para criar minha aldeia imaginária. Fui a igrejas, castelos, casas de chá, e praias e combinado minhas partes favoritas em Spindle Cove. Em seguida, cada livro me levou 6-10 meses para escrever.

   

Blog: Para escrever sobre outra época deve ser preciso fazer algum tipo de estudo sobre costumes, cultura e tudo mais. Você fez alguma pesquisa para escrever sua série?

Tessa: Sim, claro! Acima eu falei sobre as viagens, que era a parte mais divertida da investigação. Mas eu também faço uma série de pesquisas em livros e on-line para todos os livros que escrevo. Eu tento ler livros e revistas escritos por pessoas que viveram na era, então posso obter mais compreensão de como eles viviam.

Blog: Você interage com seus leitores? Eles dão dicas de personagens, situações ou alguma história?

Tessa: Amo ouvir os meus leitores (ou lê-los). E sim, às vezes, o interesse do leitor em um personagem secundário que me leva a escrever uma história que eu não estava planejando para contar, então acredito que eles regem bastante meu trabalho.

Blog: Outra questão de interesse para todos os brasileiros: Tem interesse em vir para o Brasil? Alguma idéia de quando você pode vir para o país?

Tessa: Eu nunca fui ao Brasil, mas eu adoraria ter a sorte de visitar um dia! A minha amiga e autora Julia Quinn viajou para o Brasil no ano passado, e ela tem tantas coisas maravilhosas a dizer sobre o país que me deixa ansiosa a conhecer. (NOTA DA BLOGUEIRA: FICA A DICA AÍ GUTENBERG !!! A Bienal de SP tá aí)

Blog: Queremos agradecer a vossa presença aqui na entrevista. Além disso, tenho uma mensagem para seus fãs brasileiros?

Tessa: Muito obrigada Tamiris pelo convite nessa entrevista, e aos meus leitores no Brasil: OBRIGADA! Obrigada pelas mensagens, pelas leituras e pelo carinho. Muitos abraços e beijos dos EUA. Espero que estejam desfrutando muito a leitura de Spindle Cove.

You May Also Like

8 comentários

  1. Oi! Tamiris!
    Fico feliz pela oportunidade que lhe foi dada de fazer uma entrevista com uma autora que pelo que eu pude perceber de suas resenhas você ama! Achei a autora super simpática! Acho ótima a ideia a editora trazê-la para Bienal e lógico fazer um tour com ela pelo Brasil :D
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Amei a entrevista. Gostei de saber como ela se despertou para escrever este gênero e amei saber como ela construiu a história, em tudo que ela se baseou, é demais conhecer o trabalho por trás da história. Gostei muito da semana, embora este gênero não seja um dos que mais gosto, eu consegui me apaixonar por duas personagens (não me lembro o nome delas, mas são as protagonistas dos dois primeiros livros). Parabéns ao blog por tomar a iniciativa e a aos outros por abraçarem a ideia. Gostei muito.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  3. Que linda!!!
    Já me encantei pelos livros antes de ler....Conhecendo um pouquinho da autora eu tô ainda mais curiosa e ansiosa pra ler!
    Parabéns pela entrevista!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Entrevista maravilhosa, e o blog também, acabou de entrar para a lista de favoritos!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, como tenho vontade de pegar esses livros dela pra ler. São bons demais!
    Gostei da entrevista, deu pra saber muito sobre o processo de escrita e como ela faz, começou a escrever e etc.
    Adoro quando uma autora desse gênero fala sobre mulheres diferentes do padrão de 1800 e tal. É tão mais gostoso ler um romance assim, sem aquelas mulheres clichês. E as pesquisas que fazem pra mostrar o melhor possível aquela época. É uma forma gostosa de saber história. Adorei, parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Ai que mulher maravilhosa!
    Já amo, só pelas resenhas que li aqui no blog.
    Tomara que as editoras tragam todos seus livros para cá <3
    Quero conhecer o mundo criado pela Tessa o mais rápido possível!

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamiris.
    Maravilhosa entrevista, ficaria muito feliz se ela viesse a Bienal de SP, é muito bom para os leitores conhecer uma pouco mais sobre seus artistas, estou muito animada para ler os livros dela. Espero desfrutar dessa leitura.
    Boa Tarde

    ResponderExcluir
  8. Que animada a Tessa é!! E bonita!!
    Gostei muito dela, simpática, educada e parece ser muito inteligente!!
    Agora sim, quero ler loogooooo seus livros!!
    bjãooo

    ResponderExcluir