Ligeiramente Casados - Mary Balogh

Informações Técnicas


Edição: 1
Editora: Arqueiro
Ano: 2014 
Páginas: 288
Compre





"Ligeiramente Casados" é o primeiro livro da série "Os Bedwyns". Nele nós conhecemos a história de Aidan Bedwyn: Ele é coronel do regimento da cavalaria na guerra contra Napoleão, e lá ele faz uma promessa ao capitão Morris: Levar a notícia do seu falecimento a sua irmã, impedi-la que use luto e protegê-la, custe o que custar. E após a morte do Capitão, é exatamente isso que Bedwyn faz, o que ele não esperava encontrar era a Senhorita Eve Morris: uma dama forte, livre, e bem resolvida, que não precisa de homem para nada. Pelo menos não precisava.

Aidan descobre que Eve irá perder a propriedade e a herança em quatro dias, se não casar com ninguém. Diante da promessa que fez ao capitão Morris, Aidan propõe a Eve o seguinte: Um casamento por conveniência.  Eles se casariam, ela não perderia a herança, ele teria cumprido sua promessa e cada um poderia voltar a viver sua vida facilmente. O que Aidan não esperava é que o seu irmão, o Duque de Bewcastle iria descobrir sobre o casamento e focá-lo a trazer Eve para ser devidamente apresentada como Sra. Aidan Bedwyn a rainha e a sociedade. 

O que era para ser um casamento de dois dias passa a ser de uma semana ou mais, e aos poucos Aidan e Eve começam a descobrir uma nova paixão. E eles terão de descobrir como fazer um casamento de fachada se tornar um casamento por amor.


O que dizer desse livro sem dar um milhão de suspiros?! Mary trouxe um tema inovador e ao mesmo tempo na mesma linha do que eu gosto nos romances de época. Começamos com uma narrativa de dois focos, nos dando uma visão ampla e detalhada de Aidan e de Eve, nos fazendo nos apegar aos dois personagens. Uma narrativa fluida e simples conduz uma história linda, cheia de altos e baixos e com um romance de tirar o fôlego.

Eve conduz todo o Solar, e tem uma família escolhida a dedo a quem ama e cuida. Ela é independente. forte, destemida e desinibida. Ao mesmo tempo é graciosa, engraçada, e tem um espírito livre que agrada. Aidan foi criado em uma família rica e poderosa, não tendo tempo para ser de espírito livre. Ele foi criado para seguir uma vida, e isso ele faz. Ele tem honra, é justo, sério e seco. Mas tem um coração enorme, e acaba se derretendo aos poucos pela doce e alegre Eve.

Minha casa é o Solar Ringwood. É onde minha esposa vive. É onde meu coração ficará quando eu partir.

Os irmãos de Aidan são interessantíssimos pelo fato de que uma hora eles serão personagens principais em outros livros, e cada um tem uma história bastante intensa para ser traçada nos livros. Estou bastante curiosa sobre eles. Os personagens secundários no Solar são lindos, eles levam uma vida simples, mas linda e livre, que nos deixa extremamente encantados.  Não tenho nem o que dizer que quero morar com todos.


Devo ressaltar que essa história é cheia de cenas hilárias, protagonizadas pelos personagens principais e secundários, que dão a trama um brilho próprio e que espero que seja presente em todos os livros.

A edição desse livro é linda ! Amei a foto da modelo que foi colocada, a fonte que é usada em toda a série e amei o tom de azul usado. Não encontrei erros de coesão e coerência, me levando a crer que não há erros de tradução. Aplaudo o pessoal da Arqueiro pelo trabalho feito. E indico veemente essa série. Já li o segundo livro, "Ligeiramente Maliciosos" e terá resenha amanhã.




You May Also Like

7 comentários

  1. Olá Tamiris!! Uaaaaal! Preciso ler essa série!
    Meu amor por romances de época não tem fim e nem limites! Tá incrível esse livro!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamiris.
    Eu amei esse livro, porém alguns fatos me deixaram incomodada, justamente pelo estereótipo que tenho sobre romances de época, mas enfim eu particularmente gostei, os personagens fortes e decidido, foi muito bom desfrutar dessa leitura.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  3. Confesso que quando vi e fui conferir umas resenhas fiquei um tanto desanimada pra ler e deu vontade de esperar pelos outros pra ver como era. A história é boa, acho, mas....eu não sei. Algumas coisas que vi falando dele não foram muito legais mesmo. Vendo a resenha parece ser bom, tem todos aqueles pontos que fazem a leitura do gênero ser prazerosa, os focos diferentes e bons personagens secundários...
    Ainda vou ler, alguma hora dessas pego coragem e finalmente vejo como é.
    E a capa dele é linda mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Tamiris!
    Já li a série inteira da autora em inglês! Amei cada um dos livros. Sobre esse livro, acho que o enredo dele foi o que mais me surpreendeu ao logo da série. Ri muito com algumas cenas assim como você, e os personagens secundários e suas peculiaridades dão um toque a mais no livro e nos deixam com vontade de ler os demais. Tbm amei a edição e capa escolhida pela arqueiro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha, parece ser um livro apaixonante!
    Essa história de casamento por conveniência é sempre legal e rende boas risadas.
    Também achei leal o fato do Aidan não ser aquele bruto e "pegador", como em alguns livros do gênero.

    ResponderExcluir
  6. Que capa bela!!! E essa lombada? Lindaaa!!!
    Eu gosto muito de casamentos por conveniência, é sempre romântico, divertido e da uma boa história! Cheia de reviravoltas!
    E é bom saber que essa mocinha é forte e cheia de vida!!!
    bjss

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da premissa da obra, como o amor (imagino que se apaixonarão...rs..) surgiu entre eles, o que era para ser apenas uma promessa, mudou completamente o destino dos dois. Gostei da personalidade da personagem principal, gosto de personagens mulheres fortes e independentes e segundo sua descrição Eve é exatamente assim. No momento não sei se leria a obra, mas confesso que a história me agradou muito. Amei a resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir