Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh

Informações Técnicas

Edição: 1
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 288
Compre






Chegamos ao quarto volume da série os Bridgertons, que estamos acompanhando essa semana. Se quiser ler as resenhas das primeiras três obras, lá no final tem os links. Aqui nós temos a história de Morgan Bedwyn. Ela está cansada das festas tediosas da Inglaterra, e vai para Bruxelas para tentar se animar. Lá ela conhece Gervase Ashford, o conde de Rosthorn e o acha bastante interessante. Porém, Gervase apenas vê a garota como forma de se vingar do irmão dela, Wulfric Bedwyn, quem ele culpa por seus anos fora da Inglaterra. 

Porém Morgan, mesmo sendo gentil e inocente, é muito esperta e destemida, e nota rapidamente que o conde de Rosthorn apenas está usando-a como objeto de vingança, e resolve que é a hora de virar o jogo e mostrar a Gervase que não pode ser manipulada por ninguém. Só que esse jogo de audácia e vingança pode mostrar aos dois sentimentos diferentes do que eles esperavam sentir. E eles terão de escolher entre o amor e o orgulho.



Quando peguei Ligeiramente Seduzidos, eu peguei com muita expectativa devido ao livro INCRÍVEL que foi Ligeiramente Escandalosos. E encontrei um livro muito bom, muito bom mesmo mas que não chega a excelência. Ligeiramente Seduzidos me deixou estupefata com a criatividade da autora em criar diversos tipos de romances: Os arranjados não tão arranjados, os calientes, os escandalosos e agora, o vingativo. Transformar ódio em amor é uma tarefa ardilosa, porém interessante e sexy. E Mary Balogh conseguiu fazer isso sem perder a boa graça e fugir da época.


- Nada disso,lorde Rosthorn. Deve ter esquecido que sou uma Bedwyn. Nosso assunto não está terminado.Não sairei de fininho,com a cabeça baixa,apenas porque fui tola e inocente demais para reconhecer um patife.

Narrado com dois pontos de vista, assim como todos os livros dessa série da Mary Balogh, ela conquista mais uma vez o leitor, através de uma linguagem fluida e simples de ler, por mais que utilize de vocabulário da época. É fácil ler a obra, se levar em consideração que a li em dois dias.


Um ponto que eu gostei muito da história foi a abordagem sobre a guerra militar na obra. Nas outras, ela falou apenas por cima, citando um acontecimento ou outro. Neste a história conseguiu ser bem mais detalhada, tentando se ater aos fatos históricos. Ou seja, minha mãe estava errada quando dizia que eu lia futilidade, afinal aprendi sobre as guerras civis de Bonaparte de uma forma bem biográfica. #chupamundo


- Ah ,chérie, fica magnífica quando está furiosa.Vou cortejá-la até que mude de ideia sobre me abandonar.- Errado mais uma vez. Eu vou cortejá-lo,lorde Rosthorn. Farei com que se apaixone por mim,então partirei seu coração.- Já estou apaixonado ,ma pettie ...


Os personagens secundários são encantadores e eu gostei do uso deles na história. Um personagem que estou querendo saber muito sobre a sua história de amor é do Wulfric. Ele tem participações em cada uma das histórias, e nessa nós sabemos um pouco mais sobre ele, aumentando a curiosidade que já existia. 


A diagramação da série continua linda, adorei o tom de roxo usado nesta capa, por mais que a da Freyja continue sendo a minha preferida devido as sardas da modelo, eu gostei muito dessa capa porque deu um ar diferente a série. Mas devo saudar a editora pelo seu belíssimo trabalho com a diagramação da obra, seja tradução, diagramação e tudo mais. 

No mais, vamos esperar os próximos lançamentos da Editora sobre a série para que eu conte a vocês o que achei da série. A Editora irá lançar o próximo livro agora no segundo semestre, e o ultimo livro no primeiro semestre do ano que vem. 



Resenhas:
Ligeiramente Casados - Livro 01
Ligeiramente Maliciosos - Livro 02
Ligeiramente Escandalosos - Livro 03

You May Also Like

8 comentários

  1. Oii Tamiris!
    Adorei este tbm...O que me chamou atenção foi lá onde vc cometa rda guerra civil, mto difícil encontrar livros que abordem este assunto tbm....
    Adorei a resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamiris.
    Estou amando as resenhas dessa série, porém como havia comentado anteriormente não continuarei a ler ela, não me sentir confortável com a quebra de estereótipo, gosto muito de livros que fala sobre guerras e tudo mais.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  3. Adoro um romance de amor e ódio. E fazer do ódio amor é um tarefa e tanto mesmo, que pode render cenas muito boas. Achei legal que ela tenha colocado um pouco de história/guerra nesse livro. É bom mesmo né? Faz você aprender alguma coisa lendo (amei o chupa mundo xD )
    Agora é esperar por mais desses livros. E me fez pensar se não vale a pena esperar até lançarem tudo, pois no fim das contas a série até que é boa mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Tamiris!
    Esse livro apesar de eu ter lido, não me lembro bem nem dos personagens nem lendo a resenha me lembrei do enredo em si no momento que li. Por tanto esse ponto de vista eu não posso dar. Mais lembro de ter amado a série inteira esse deve entrar no meio e como você disse que esse não chegou a excelência sou obrigada a concordar por não ele não ter me marcado tanto a ponto de lembra-lo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Tamiris.
    Eu gostei bastante dessa semana, estou amando aconpanho as resenhas dessa série, mas ja havia comentado não pretendo continuar lendo, pelo menos no momento não.
    Gosto muito de livro que tem como plano de fundo as guerras é triste com certeza, mas também é uma realidade em diversos paises.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  6. To apaixonada pela escritora! Como ela consegue variar nos temas não é mesmo??
    Esse tom de vingança deixou a série ainda mais incrível, gostei demais!
    As capas são lindas, quero ler, quero ler tudo!

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro da autora, mas gostei muito da sua resenha.
    Deu pra ver que são livros bem fluídos e cativantes.
    Adorei o fato de a autora transformar o ódio em amor de uma forma leve e apaixonante!
    To curiosa!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Confesso que Morgan foi a protagonista que menos me conquistou. Gostei de como o romance foi introduzido, o ódio pelo amor, mas não cheguei a ficar curiosa para conhecer sua história. Porém há um tópico que me fez dar uns pontinhos a mais para livro, o de detalhar sobre a guerra civil de Bonaparte, não quase nada sobre ela, então este livro me traria algum conhecimento. Esse tom de roxo realmente ficou muito bonito, eu gostei muito também.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir