Post Aleatório: Romances Históricos e de Época

Olá pessoal !!

Então, hoje eu vim mostrar uma coisa bem interessante para quem está gostando do especial e quer conhecer um pouco mais sobre Romances Históricos. Esse é mais um post com dicas, explicações e tudo mais. Espero que gostem.


Primeiro de tudo, gostaria de explicar para vocês a diferença entre Romances Históricos e Romances de Época. E sim, eles são diferentes. Encontrei uma explicação super atual e fácil feita pela Paola do Livros e Fuxicos, e quero mostrar pra vocês:

Segundo o RWA (Romance Writers of America): “Todos os romances têm uma história de amor central e um final emocionalmente satisfatório. Além disso, um romance pode ter qualquer tom ou estilo, ser definido em qualquer lugar ou tempo, e ter diferentes níveis de sensualidade indo desde doce a extremamente quente”.  A partir dessa definição eles classificam os romances em diversos subgêneros: Romance Contemporâneo, Romance Erótico, Romance Religioso, Romance Paranormal, Suspense Romântico, Romance jovem-adulto, e Romance Histórico.

Desta forma, a primeira coisa que precisamos entender é que a grande diferença não está em ser histórico ou ser de época, MAS SIM em ser romance ou não.

“(...) um romance histórico é um romance que é definido antes da guerra do Vietnã (ou a Segunda Guerra Mundial, dependendo da editora). Lembre-se, a definição de um romance é que o enredo se concentra no desenvolvimento da relação entre o herói e a heroína – se o romance é retirado, não há mais história. Enquanto os livros de ficção histórica acontecem em um cenário histórico que foca sobre o efeito desse ajuste sobre os personagens – seja uma guerra, uma fronteira, ou a Revolução Protestante. Pode haver um romance na história, mas é uma subtrama”. (Fonte)

Sendo assim, antes de definirmos o gênero precisamos decidir em qual categoria nossa leitura está:

  • Ficção Histórica: obras que focam em determinados períodos e fatos históricos (e que podem ter romance desde que ele seja uma subtrama);
  • Romances Históricos: obras ambientadas em um período anterior a 1950 (Fonte) e que usam um determinado pano de fundo para descrever um romance.
Com base nesses significados podemos dizer que, pelo menos em um primeiro instante, todos os livros ambientados em um período anterior a 1950 são considerados históricos. Afinal, fica claro que uma das grandes características desse gênero é reviver comportamentos e fatos do passado da humanidade. Porém, a diferença crucial está na história ser ou não um romance. Em caso afirmativo, podemos dividir a classe “Históricos” em diversos subgêneros: romance histórico, romance clássico, romance regencial, romance cultural, romance erótico, romance medieval ou romance de época.

Romances históricos

  
“Pode-se dizer que os romances históricos nasceram em princípios do século XIX. Eles visavam resgatar os hábitos, a linguagem, as leis e as estruturas político-sociais, econômicas, culturais e religiosas de tempos passados. Assim, com esse objetivo, os autores mesclam figuras reais e ficcionais em uma trama geralmente imaginária. A primeira obra deste gênero foi Waverley, de 1814, escrita por Sir Walter Scott”. (Fonte)

Romances de Época



“O Romance de Época, além de não se importar com datas e nem fazer referências a fatos históricos importantes, se preocupa em mostrar como vivia e se comportava um povo em um determinado tempo. A maioria deles destaca a vida da sociedade londrina no período vitoriano, valorizando costumes como: moda, etiqueta social, passeios de charretes ou no campo, jantares, festas, teatros. A fragilidade da mulher, o casamento por conveniência, as amantes, a diferença entre as classes sociais, o valor de um título nobre, as intimidades sexuais entre os protagonistas são fatores importantes e estão sempre presentes nesses romances.” (Fonte).


Para resumir, a classificação como romance histórico ou romance de época é, desde que estejamos falando de um livro de romance, um subgênero da classe literária que engloba todos os livros com enfoque histórico. E a divisão pode ser vista como:

  • Romances históricos são obras que focam nos fatos históricos sem deixar de ter romance. Aqui, apesar do romance, o cenário é embasado em situações reais que são o ponto de partida da história.
  • Romances de época são romances que usam um determinado período histórico como pano de fundo mas focam, com veemência, no desenrolar do romance. Aqui o enfoque está nos costumes da época e em como isso influência e molda o romance.


E o que isso tudo significa? Que existe uma linha muito confusa na distinção desse gênero literário e que, desde que entendemos que um livro que foca no romance é diferente de um que foca exclusivamente em fatos históricos reais, não tem problema algum usarmos os termos como bem entendermos. O que vale é mergulhar nessas leituras e se deixar levar pelos encantos dos séculos passados – seja através de um romance embasado em fatos históricos reais (romance histórico) ou seja por meio de um romance narrado em uma época remota (romance de época).

Deu para entender um pouquinho sobre as duas classificações ou compliquei ainda mais? Qualquer dúvida é só perguntar! E, claro, tenham em mente que não a Paola não é especialista e que apenas realizou uma pesquisa informal para falar dos gêneros para vocês.


A Editora Arqueiro resolveu fazer para vocês um explicativo geral dos Romances de Época que eles publicam. Tem explicação sobre o gênero, uma árvore geral das obras deles, a história de cada autora e sua obra publicada, e o primeiro capitulo de cada livro publicado. Neste link vocês podem conferir o material :)

Gostaram das informações? 
Enfim, até amanhã.

You May Also Like

8 comentários

  1. Tamiris, que idéia maravilhosa que vc teve viu!
    EWu ameeei essa explicação, ás vezes ainda em confundo os gêneros, eu sou doida por esses romances!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  2. Amo romances históricos e de épocas, eu curti muito este post.

    ResponderExcluir
  3. Oi Tamiris.
    Amei a explicação, confesso que não sabia a diferença amo romances de época mas o que eu mais gosto são os romances históricos, enfim os dois são ótimos.
    Bom Dia.

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei um pouco confusa, mas acho que entendi a diferença haha
    Acho mais legal os romances de época mesmo, onde é focado o romance e tal.
    To adorando as postagens sobre o tema! <3

    ResponderExcluir
  5. Bem legal isso de lançar uma cartilha que explique as diferenças. Não fico focando muito em detalhes assim quando vou pegar, pra mim já é tudo englobado num tema só, mas...
    Ahh, adoro esses tipos de livros de qualquer forma, tenham eles mais romance ou história real no meio.

    ResponderExcluir
  6. Amei o post, obrigadão por postar Tamiris!!!
    Agora já entendi bem, tirou minhas dúvidas kkkkkkk
    E claro, me deixou com muito mais vontade de ler!!
    bjss










    ResponderExcluir
  7. Oi Tamiris!
    Já tinha visto um post desse em outro blog, acho legal, pq eu não sabia dessas diferenças e acho que a maioria das pessoas não sabia tbm, esse material criado pela editora é muito bom, gostei bastante dele tbm!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da explicação, eu não sabia que existia essa distinção. Como já falei por aqui não gosto muito deste gênero, mas entendendo bem a diferença entre estes romances eu acho que me daria melhor com os Romances Históricos, afinal conhecer um pouquinho sobre nosso passado de uma forma divertida vale sempre a pena né! Gostei muito do post e da indicação do material publicado pela Arqueiro, já dei uma olhadinha e parece ser bem legal, acho que estou começando a gostar deste gênero. =D
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir