Em Algum Lugar nas Estrelas - Clare Vanderpool



Informações técnicas

Edição: 1
Editora: DarkSide
Ano: 2016
Páginas: 284
Comprar



Olá Pessoas,

Logo no início de junho deste ano a Dark Side lançou o livro Em Algum Lugar nas Estrelas (Navigating Early) da escritora americana Clare Vanderpool. O livro recentemente também foi enviado aos associados do Turista Literário, junto com itens que saíram arrancando suspiros de todos. 
        Assim que a Amazon liberou a pré-venda do livro, ainda em maio, me apaixonei por ele quase que instantaneamente e acabei comprando-o. Preciso dizer pra vocês que eu estava super ansiosa e cheia de expectativa para ler o livro e: ME SURPREENDI.


No início somos apresentados a John Baker, um garoto que está fragilizado por acabar de perder sua mãe, a quem ele tanto amava. O pai de John é Capitão da marinha e estava fora na guerra quando sua mãe faleceu, por isso, John acha que, ao retornar da guerra, seu pai irá ficar com ele e cuidar dele, mas, ao contrário disso, logo depois do velório de sua mãe o garoto é levado pelo pai para um colégio interno para meninos, Morton Hill.

“Achar seu caminho nem sempre significa saber aonde está indo. Saber como encontrar o caminho de casa que é importante."

Triste e abatido por tudo estar dando errado na sua vida, John é surpreendido com uma amizade muito peculiar, o jovem Early Auden, um garoto diferente de todos os outros, que abandonou seu dormitório regular para viver dentro de um almoxarifado abandonado. Early é uma criança sensível e que começa a ajudar John com seus problemas.

"Não existem coincidências. Apenas milagres e aos montes" 

Juntos eles reconstroem um velho barco da escola para concorrer em uma regata e aos poucos vão cultivando uma linda amizade. No entanto, em um dia chuvoso, Early decide sair da escola em busca de Pi, que para ele não é apenas um número (in)finito, mas sim uma pessoa. Toda aventura dos amigos se desenrola de uma maneira surpreendente e emocionante, cheia de mistérios, ursos, estrelas, números, constelações e jujubas.


Uma história peculiar. Diferente de todas as outras que eu já li, cheia de mistério e incrivelmente encantadora. Cada ponto da narrativa é muito bem amarrado, cada uma das histórias apresentadas parecem tão distantes, mas acabam sendo muito bem interligadas. 

"Aquelas estrelas lá em cima são atraídas umas pelas outras de muitas maneiras diferentes. Conectam-se de formas inesperadas, como as pessoas." 

Um ponto que me chama bastante atenção é revelado apenas nas notas finais da autora e, ao lê-lo, a narrativa se torna ainda mais maravilhosa aos nossos olhos. 

“Os que quase se deixam consumir pela caçada, os desesperados, digamos, por aquilo que acham que procuram, normalmente estão bem longe do que de fato estão procurando. É verdade, também, que às vezes eles não estão procurando nada, mas fugindo de alguma coisa.”

Os personagens são profundos e muito bem construídos, seus dramas, problemas, suas histórias, tudo é muito envolvente e muito bem escrito, Clare Vanderpool, sabe criar histórias e conectá-las, sabe exatamente dosar as quantidades necessárias de ficção e aventura para criar a narrativa perfeita. Não importa o quanto eu fale sobre a história, vocês realmente precisam lê-la para entender sua profundidade e sua abrangência.



Como já disse inúmeras vezes em outras resenhas e não me envergonho de repetir, eu sou do tipo de pessoa que compra muitos livros pela capa e a Editora DarkSide sabe exatamente como criar capas chamativas e incríveis. 

Não importa a quantidade de fotos que eu coloque nessa resenha, vocês nunca terão noção da real quantidade de detalhes presentes nesse livro até que o manuseiem. Da capa até as páginas, tudo tem detalhes incríveis, a diagramação desse livro é perfeita.  Os inícios de capítulos são todos marcados pelo desenho de uma constelação diferente, todos os detalhes internos mostram constelações. Tudo foi pensado e feito com muito carinho pela editora para encantar os leitores com os mínimos detalhes.

A tradução e revisão da edição também foi muito bem feita, não percebi nenhum erro tão evidente, como já vi em outros livros da editora.

“Às vezes, é melhor não ver todo o caminho que se estende diante de você. Deixe a vida surpreendê-lo, Jackie. Há mais estrelas por aí do que as que já têm nome. E todas são lindas.”


Indico esse livro aos fãs de romances, de aventuras, de dramas, de histórias incríveis e diferentes. Não consigo comparar esse livro com nenhuma outra leitura que eu tenha feito. Ele é único e vale a pena ser lido.

You May Also Like

2 comentários

  1. Ahh esse livro. A história parece ser tão bonita! Sensível e diferente, dessas que ficam guardadas no coração. E com uma capa linda mesmo. Estou desejando, esse parece valer muito a pena.

    ResponderExcluir