Justice - Laurann Dohner

Informações Técnicas

Série Novas Espécies - Volume #4
Edição: 1
Editora: Ellora's Cave Publishing
Ano: 2013
Páginas: 342
Ainda não está disponível no Brasil



Então, chegamos ao quarto livro da Série Novas Espécies. Se você não leu minhas resenhas anteriores, aqui estão os links (não se preocupem, são histórias independentes e não tem spoilers uma da outra - talvez um pouco, mas não demais): 


Então, como explicar essa questão de "spoiler". As histórias são em ordem cronológicas, claro, então tem uma rede de acontecimento por trás que pode ser dita como spoiler (que não contarei por aqui), mas o romance mesmo não existe ligação. Então, podem ficar tranquilas. Vamos a história?

Aqui nós temos a história de Justice, a quem é destinado o título do livro. Justice é a "cara" dos Novas Espécies, ele é responsável pela ligação NE x Humanos e tentar fazer coexistir a paz e harmonia entre os dois, mas se isso não for possível, tentar fazer existir a paz e harmonia para seu povo. Ele é um workaholic, vive para o seu trabalho e ama o que faz. Até conhecer Jessie. 

Jessie é uma agente, e está trabalhando em levar as Garotas Presentes (que são Novas Espécies usadas em tráfico de mulheres, e são entregues a homens ricos para que possam abusá-las e espancá-las) de volta a Reserva e que possam ter uma vida feliz. Ela tem ideias que podem ajudar os NE's e quer dizer ao Justice, e ao fazê-lo acaba despertando um interesse nele.

O problema é que Justice sabe que deve se casar com uma mulher da sua raça, acalmando os nervos dos humanos e do seu povo. Sendo que Jessie por perto lhe faz despertar sentimentos que nunca lhe ocorreram, e ele deve saber no fundo do seu coração o que ele realmente quer.


Meio assustador, mas quente, ela decidiu. A mudança de voz fez seu coração disparar mais 
rápido. Justice se moveu lentamente, inclinou seu corpo mais perto e levantou a mão para tocar seu rosto com a palma grande. A outra mão deslizou frouxamente ao redor de sua cintura enquanto estudava seus olhos. 

Eu preciso explicar porque Justice ficou acima de Valliant na minha opinião? Sim, preciso. QUE LIVRO INCRÍVEL. Acho que todo mundo sabe como amo livros eróticos, e principalmente se tiverem uma pegada sobrenatural, e esse me trouxe muito mais. A alguns dias atrás, uma pessoa me pediu uma indicação de uma obra sensual e que não fosse machista, e AQUI ESTÁ. A forma como Laurann trabalhou esse livro foi incrivelmente legal.

Porque? Bem, ele fala sobre justiça de gênero nas suas entrelinhas, sem ser diretamente feminista. Jessie é extremamente forte, criativa, inteligente, simpática, sarcástica e diversas outras características que levaram a Justice a se interessar por ela.  O desejo era mútuo, e cada um lutou como podia pra se destacar aos olhos do outro.

Ela o observou abrir a porta do quarto, sair e fechá-la atrás dele. Olhou para a cama e começou a rir de novo. Ouviu falar em quebrar a cama durante o sexo, mas não destruir toda a cama. Se isso não fosse sexo impressionante, não tinha certeza do que seria.

Ele (que tinha um gene animal, e poderia ser considerado machista por muitos) foi extremamente interessante, mostrando como mesmo tendo genes animais e seguisse um instinto, às vezes era necessário se adaptar ao meio para ser feliz, sem negar suas origens. Foi incrível a forma como ele se entregava a Jessie, e também como se colocava na posição de macho dominante, com diferença de minutos. 

Preciso dizer que a forma como Laurann está desenvolvendo as histórias, seja a de cada casal ou dos Novas Espécies em geral está sendo super aceito pela minha leitura. Não li muitos livros esse ano, e ter os quatro primeiros da autora na minha lista apenas me mostra como ela está fazendo direito essa coisa de escrever. Adoro a forma como ela está desenvolvendo a história dos Novas Espécies por trás das histórias de cada casal, e tenho esperança que eles sejam felizes.

Inveja o encheu enquanto pensava em Fury, Slade e Valiant. Apaixonaram-se por humanas e as mantiveram. Os machos eram amados e dormiam com suas companheiras. Tinham anonimato para fazer isso. Justice North tomando uma companheira seria notícia no mundo e quando o fizesse, deveria ser uma fêmea Espécie. Não só seu povo esperava isso, mas toda a população humana também.

Estou esperando ansiosamente que a Universo dos Livros faça o lançamento de mais livros dessa série logo. Quero muito ter eles na minha estante. Li essa obra em e-book e em inglês, porque ainda não tá disponível em português, mas foi uma leitura super rápida e agradável, com um inglês bem iniciante mesmo.

You May Also Like

4 comentários

  1. Tamires!
    Acho fascinante essa mistura de romance erótico com sobrenatural. Uma nova espécie criada para suprir as nossas necessidades...kkkkkkkkk
    Adorei e quero ler todos os livros da série.
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa super apelativa, isso meio que me afasta da história, sei lá. A ideia é bem legal, essa coisa de nova espécie e tudo o mais, mas o fato de ser erótico me deixa o pé atrás. No entanto, você parece bem animada e mostrou que gostou bastante, então pode ser que eu dê uma chance em breve.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduarda,
      não querendo ser babona dessa série ~que eu amo demais~, mas essa não é a capa brasileira. Afinal, a Editora Universo dos Livros só irá lançá-la ano que vem. Essa capa é a original, e segue o padrão de ter um homem em poses sensuais (ou vulgares mesmo), e pode não ser do gosto de todo mundo, mas tem uma platéia imensa.

      Mas para tranquilizar você, as capas que a linda da Universo dos Livros faz são simplesmente MAGNÍFICAS ! Eles tem o zelo de não serem apelativos, além de fazer algo diferente.

      Beijos

      Excluir
  3. Tamires!
    Achei que já havia comentado aqui...
    Acho essa série fascinante e gostaria que chegasse logo ao Brasil para poder acompanhar.
    “Capacidade de saber cada vez mais sobre cada vez menos, até saber tudo sobre nada.” (Millôr Fernandes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir