Dias Perfeitos - Raphael Montes


Bom, criei uma meta pessoal de ler todas as obras do Raphael Montes e consegui. Dias Perfeitos é a sua segunda obra e foi publicada pela Companhia das Letras, conta a história de Téo e Clarisse. Téo é um estudante de medicina e têm uma tendência de se isolar de todo mundo, tendo como amiga {única} Gorette, um corpo da aula de anatomia. Ele divide a sua vida entre estudar e cuidar da sua mãe paraplégica.  Em uma festa ele conhece Clarisse, uma moça de espírito livre que quer fazer cinema. Ela está escrevendo um filme que conta a história de três amigas que fazem uma road trip

O problema é que Téo passa a ficar obcecado por Clarisse, e depois de muito tentar se aproximar ele toma uma atitude extrema para mostrá-la que um relacionamento dos dois pode ser uma coisa boa, embarcando em uma viagem sombria onde o pior inimigo são seus pensamentos.

"Quem nunca se apaixonou sem ser correspondido? Quem não gostaria de mostrar que poderia ser diferente, que a história de amor poderia dar certo? Ele apenas fazia o que todos já tinham desejado fazer. Havia criado para si a chance de estar próximo de Clarice, de deixar que ela o conhecesse melhor antes do não definitivo."

Peguei o livro pensando que encontraria algo com suspense, mas que seria algo nojento, já que havia acabado de ler Jantar Secreto. Porém encontrei um livro que fala sobre a obsessão, o relacionamento abusivo e o que isso pode causar. Preciso dizer que esse tipo de assunto pode ser abordado por diversas vertentes, o Raphael escolheu falar sobre ela junto com a psicopatia.

O livro é cheio de pensamentos e isso mexe muito com o leitor, além de que você nunca sabe se os personagens realmente estão tendo esses pensamentos ou se não passa de atuação afim de conseguir seus objetivos. Eu gostei muito do jogo de diálogos que são existentes durante a trama e Raphel  conseguiu fazer isso em uma  narrativa extremamente fluida e instigante.

A única coisa que tenho que reclamar é sobre o final. Não ficou da forma como eu esperava, mas ainda assim tocou a minha leitura de forma apropriada. A edição eu não tive acesso pois li em e-book, mas já vi a obra física e preciso dizer que é super linda.

Para quem gosta de livros com suspense psicológico, encontrará isso de forma surpreendente na obra do Raphael Montes. Após a leitura da mesma, entendo o porquê de toda essa fama do autor. Convido você {mesmo que não goste do gênero} a ler, porque é uma leitura bastante intensa.

Às vezes eu ajo como um louco, mas... Mas é que você mexeu muito comigo e... Não posso te perder. Você é a razão da minha vida.

Informações Técnicas

Edição: 1
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2014
Páginas: 280
Classificação: ★★★★
Skoob | Compre

You May Also Like

0 comentários