Jantar Secreto - Raphael Montes


O primeiro contato que tive com a escrita do autor Raphael Montes foi com o livro O Vilarejo - resenha aqui - e me apaixonei pelo seu trabalho. Então quando ele lançou Jantar Secreto eu fiquei bastante curiosa sobre o que o autor estava propondo. Claro que assim que ganhei comecei a ler e devorei o livro em poucos dias. 

O livro conta a história de quatro amigos de infância: Dante, Miguel, Hugo e Leitão. Eles cresceram em uma cidade pequena chamada Pingo D'água e se mudam para o Rio de Janeiro para estudar e tentar ganhar a vida. Cheios de sonhos, eles vêem todos eles indo para o ralo ao encontrar a vida normal e não o que eles planejavam enquanto adolescentes. 

Vivendo na corda bamba e com um eminente despejo devido a falta de pagamento do aluguel, eles têm uma ideia de começar a dar jantares secretos para a elite carioca. Porém com uma ressalva: com carne humana. Algo que era para ser passageiro e como forma de sair do buraco se torna algo muito maior, entrando em uma onda de índole negativa, crimes horrendos e nenhuma perspectiva de saída dessa situação.

"No ano passado, lançaram um site chamado DinnerWith. A proposta é fazer um intercâmbio de experiências gastronômicas na casa de gente comum. Tipo, você vai a algum país bizarro e janta na casa de um morador durante a viagem de férias, interage com pessoas locais e de quebra prova uma comidinha caseira..."

Raphael Montes conseguiu trazer uma obra que mistura horror e comédia sínica. Nós começamos o livro com a ideia de que tudo vai ser muito cruel, tipo: Carne humana? Com certeza seria algo totalmente animal e grotesco. Porém nos deparamos com pessoas frias, ricas e finas. Nos deparamos com chips de pele, molho de vinho e coisas gastronômicas para comer com isso. Não é uma coxinha feita de qualquer forma por loucos aqui no Nordeste. É comida de verdade feita por pessoas RUINS.


Durante a leitura, Raphael através de Dante, por quem é narrado o livro nos faz pensar nas atrocidades que ele fez inicialmente pelo "bem próprio", e depois, por ter sido fácil. Inicialmente me simpatizo com Dante e Miguel, pois eles pareciam genuinamente preocupados com a loucura que estão fazendo, porém depois senti asco pelo modo como tudo foi ficando mais natural. Os personagens são muito bem construídos e cada um diferente do outro, o que nos aproxima mais da história, nos levando a pensar que existe esse tipo de gente por aí, em qualquer lugar.

"A perversão não tem limites. O ser humano é um bicho escroto por natureza. Não importa o que digam, todo mundo é assim. Rico ou pobre, negro ou branco, velho ou novo, não interessa. Somos todos iguais em escrotidão."

Como a Juliana ~blog Literata~ mesma falou: No início da obra fiquei muito chocada com todas as atrocidades que foram acontecendo, porém no final não me choquei tanto assim. Não sei se pelo motivo que já estava preparada para algo daquela forma, ou se já estava esperando, ou se mesmo tinha ficado "fria" durante a obra após a surra de acontecimentos, mas o final não me deixou anestesiada. Na verdade, eu pensei naquilo diversas vezes durante a leitura, o que fez perder uma estrelinha. Mas isso não desmerece nenhum pouco a história, na verdade, era exatamente aquilo que eu esperava e acreditava que iria acontecer e exemplifica como as coisas acontecem por aí.


A edição da Companhia das Letras está incrível, não encontrei erros de digitação ou coerência. A capa está magnífica e fala exatamente sobre o que tem na obra. Adorei os detalhes do livro e o esforço do autor Raphael Montes em deixar tudo o mais pessoal possível, afinal ele estampa a parte de trás da obra, incorporando a obra. Adorei o booktrailer,e tudo está tão chique quando o jantar, era daquele jeito que eu imaginava o Jantar Secreto. 

No geral, o livro é um prato feito para os fãs de Raphael Montes ou do gênero. Ele mostra exatamente a carreira linda e rápida que o Raphael está construindo e mostra todo o talento do autor. Acredito que a cada livro que leio do autor mais me surpreendo e fico curiosa pelas suas próximas obras. Acho que todo mundo que gosta de sair da sua zona de conforto deve ler essa obra.

Informações Técnicas

Edição: 1
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2016
Páginas: 360
Nota: ★★★★

You May Also Like

0 comentários